União Zoófila e Associação Zoófila Portuguesa


TORNE-SE SÓCIO; ADOPTE OU APADRINHE UM ANIMAL; FAÇA VOLUNTARIADO!ESCOLHA...UM PEQUENO GESTO FAZ TODA A DIFERENÇA!

Vancouver Olympic Shame: Learn more. Por favor AJUDE a cessar este massacre infame! Please HELP stopping this nounsense slaughter! SIGN

http://www.kintera.org/c.nvI0IgN0JwE/b.2610611/k.CB6C/Save_the_Seals_Take_Action_to_End_the_Seal_Hunt/siteapps/advocacy/ActionItem.aspx

http://getactive.peta.org/campaign/seal_hunt_09?c=posecaal09&source=poshecal09

Ser Enfermeiro...

Tuesday, July 14, 2009

Carpe Diem!


Lisboa menina e moça - Paulo de Carvalho e Ary dos Santos


Hoje foi a minha vez de puxar dos galões e proporcionar uma voltinha surpresa a um dos paraísos de Lisboa. Uma escapadela tranquila (lê "com dranguilidade") cujo prazer me é proporcional à companhia sempre especial!*



Parece que passei por lá...

Não há carro, anda-se no público...e ainda se "cheira e se vive a cidade"! Onde o mistério de adensou...


O largo das portas do Sol

Miradouro de recordações...


De vistas...


...e de fados!


Miradouro que conta História e certamente estórias


O prelúdio de um sorriso...


O prelúdio de uma discussão?


Não...foi de galhofa!

Pinga e petiscos!



No castelo, ponho um cotovelo
Em Alfama, descanso o olhar
E assim desfaz-se o novelo
De azul e mar
À ribeira encosto a cabeça
A almofada, na cama do Tejo
Com lençóis bordados à pressa
Na cambraia de um beijo

Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

No terreiro eu passo por ti
Mas da graça eu vejo-te nua
Quando um pombo te olha, sorri
És mulher da rua
E no bairro mais alto do sonho
Ponho o fado que soube inventar
Aguardente de vida e medronho
Que me faz cantar

Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

Lisboa no meu amor, deitada
Cidade por minhas mãos despida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

3 comments:

Munky_P said...

Fantástico!!

Veloso onde é k tiraste estas fotos??
Preciso d saber pk provavelmente no fim d Agosto vou ter d fazer 1 visita guiada d Lisboa a 1 tal pessoa...

Bjs!

João said...

Seja bem vinda:)!Tudo bem com essas férias? As fotos não são minhas porque tive de andar a carregar uma garrafa de água , "fardo" enorme (é uma indirecta para terceiros;) ). Mas ao vivo é infinitamente melhor! As imagens são da Baixa, Chiado, Sé e a zona de Alfama e Mouraria. Depois dou-te umas informações se quiseres para educares esse tonto!bjns*

amarela torrada said...

bravo! :) compreendi a mensagem! haah gostei*a